Editora Alaúde Editora Alaúde
Início Empresa Dúvidas Contato
Meu Cadastro Meu Pedidos Meu Carrinho
Buscar em ....
Nome do Produto:
ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL     
FOTOGRAFIA     
AUTOMOBILISMO     
INTERESSE GERAL     
LITERATURA     
INFANTIL     
TODOS OS LIVROS     
AUTORES     
SAÚDE E BEM-ESTAR     
GASTRONOMIA     

Sistema de Detecção de Fraudes



Início / Interesse Geral / Como ser existencialista – Ou caia na real, vá à luta e pare de arrumar desculpas 
Como ser existencialista – Ou caia na real, vá à luta e pare de arrumar desculpas  



Bônus: 60 (O que é?)
Descrição | Sobre o autor | Dados técnicos

Descrição

Segundo o existencialismo, só podemos mudar nossa maneira de pensar e de sentir a vida se mudarmos nosso comportamento, se agirmos em vez de reagirmos, se formos assertivos em vez de nos deixarmos levar pelas circunstâncias, se assumirmos a responsabilidade por nós mesmos e por nossas ações.
Como ser existencialista é um livro espirituoso e divertido sobre a filosofia existencialista, mas é também um genuíno livro de autoajuda, que oferece conselhos claros de como viver de acordo com os princípios propostos por Nietzsche, Sartre, Camus e outros grandes pensadores da tradição existencialista. Um ataque à cultura da autojustificação, o livro nos exorta a enfrentar as duras verdades existenciais da condição humana. E recomenda vivamente que nos tornemos mais fortes e mais dignos, que deixemos de arrumar desculpas para tudo. Ao mostrar que somos irremediavelmente livres, o livro busca despertar no leitor a consciência de que somos os senhores de nosso destino.
Ao descrever as condições que uma pessoa deve preencher para se tornar existencialista, Gary Cox afirma: “Deverá conhecer razoavelmente a filosofia e a visão de mundo do existencialismo segundo pensadores como Arthur Schopenhauer, Friedrich Nietzsche, Jean-Paul Sartre, Simone de Beauvoir, Albert Camus, Samuel Beckett e Pernalonga”.
É dessa maneira despojada que o autor de Como ser existencialista apresenta os princípios do movimento filosófico e cultural que viveu seu apogeu na metade do século XX, mas que, segundo ele, continua capaz de ajudar as pessoas a lidar com suas questões existenciais, libertando-as das restrições do cotidiano e dos obstáculos da vida e encorajando-as a desenvolver suas qualidades únicas.
Especialista em Sartre, o autor discute alguns conceitos-chave do filósofo francês – como liberdade, responsabilidade, autenticidade e ma-fé –, mas o faz com inabalável bom-humor e irreverência. Pontuando que todo ser humano é livre para criar a si mesmo, Cox promove um ataque à cultura do todos-são-culpados-menos-eu e proclama que o existencialismo pode funcionar como poderosa autoajuda justamente por estimular nas pessoas a responsabilidade pelos próprios atos. “Meu livro ajuda as pessoas a se ajudarem ao mostrar que elas são inalienavelmente livres.”

 
Sobre o autor

Apaixonado por Jean-Paul Sartre e Albert Camus desde a adolescência, o britânico Gary Cox graduou-se em filosofia pela Universidade de Southampton, no Reino Unido, em 1988. O mestrado e o doutorado foram concluídos na Universidade de Birmingham da qual Cox tornou-se membro honorário em 2010. É autor de diversos livros sobre Sartre e o existencialismo, entre os quais Compreender Sartre (Petrópolis: Vozes, 2007).
 
Dados técnicos

ISBN: 978-85-7881-085-6
Formato: 16 x 23 cm
Páginas: 128
Preço de capa:  R$ 29,90

 



Política de privacidade    |     Segurança    |     Dúvidas    |     Contato
Avenida Paulista, 1337, Conjunto 11 – Bela Vista - 01311-200 - São Paulo - SP
Telefone: (11) 5572-9474
© Alaúde Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.